Rede Privada de Telecomunicações do Tribunal Regional Federal da 1ª Região – Rondônia (TRF-1)

Tribunal Regional Federal da 1ª Reginal no Estado de Rondônia (TRF1 – RO) é mais um órgão que recentemente assinou contrato com a GigaCom.

 

O TRF1-RO precisava de uma rede que fosse capaz de suportar o aumento na demanda de serviços. O contrato com a Gigacom se extende por 4 anos e foi assinado através de licitação.

O SLP (Serviço Limitado Privado) é composto de 4 tribunais no estado.

Rede Privada de Telecomunicações do Ministério Público de Rondônia (MPRO)

O Ministério Público de Rondônia (MPRO), que atua em em áreas de cidadaniacriminaleducacionalinfância e juventudemeio ambientepatrimônio público e probidadepolítica penitenciária e execução penalsaúde em todo o estado, agora é um cliente GigaCom e tem a sua própria rede privada de alta velocidade e capacidade.

 

 

A GigaCom fornece seu serviço através de 22 procuradorias na região metropolitana e no interior do estado. O contrato foi assinado em 2018, por 4 anos, através de edital.

GigaCom na CONIP 2018

Na próxima semana acontecerá a 13ª edição da CONIP, em Brasília.

O evento, que acontecerá nos dia 6 e 7 de novembro e contará com a participação da GigaCom, recebe CIOs, Diretores, Gerentes de TI e segurança, Juízes presidentes das comissões de informática dos Tribunais Superiores, Tribunais Regionais, Tribunais Estaduais, Tribunais de Contas, Ministérios Públicos, Defensorias e Corregedorias e seus conselhos.

Infraestrutura tecnológica do TJRO, fornecida pela GigaCom, garante rede mesmo com indisponibilidade da OI

Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia publicou em seu site oficial que sua estrutura tecnológica, fornecida pela GigaCom, garantiu rede mesmo com indisponibilidade da operadora Oi.

Confira o relato na íntegra:

Investimento do Tribunal de Justiça de Rondônia na infraestrutura possibilitou as unidades do interior do Estado permanecerem com serviço de internet, mesmo com queda da rede fornecida pela empresa de telefonia. No último dia 12 de junho, as cidades de Vilhena, Espigão d’Oeste, Cacoal, Ji-Paraná e Jaru ficaram sem acesso à internet e sem os serviços de telefonia prestados pela OI, no período das 13h às 18h.

Todos os estabelecimentos que dependem dos serviços da OI nessas cidades ficaram off-line durante horas até a empresa sanar os problemas.

Entretanto, graças aos projetos Modernização da Rede do PJRO e Disponibilidade e Continuidade de Serviços Essenciais de TIC (Redundância), os Fóruns das comarcas supracitadas continuaram trabalhando normalmente, on-line, já que o PJRO conta com uma rede privada de comunicação de dados, a Rede Wan, e ainda com sistemas de redundância que garantem a continuidade dos sistemas. 

Histórico

A busca pela melhoria na infraestrutura tecnológica do PJRO vem sendo planejada desde 2011 quando as equipes da Stic, antiga COINF, iniciaram os estudos para a contratação da Rede Wan, ocorrida em 2017, e de modernização da rede do PJRO.

A Rede Wan, cuja infraestrutura não depende da empresa OI, é uma rede que permite a comunicação de dados entre as unidades do PJRO e o datacenter do TJRO, localizado em Porto Velho.

Além da Rede Wan, o PJRO conta ainda com a redundância dos links de internet, ou seja, nos casos de indisponibilidade da internet fornecida pela OI, os fóruns e demais unidades do PJRO utilizam automaticamente o link de internet fornecido pela empresa Vale do Ribeira.

Ganhos

Por outro lado, se o TJRO não tivesse investido na modernização da rede e contratado a Rede Wan e os links redundantes, os fóruns de Vilhena, Espigão D’Oeste, Cacoal, Ji-Paraná e Jaru teriam ficado off-line na tarde de ontem e obrigatoriamente interrompido os serviços, já que não haveria comunicação de dados com a central e nem mesmo internet para acessar qualquer site ou sistema.

O caso evidencia a importância dos projetos de melhoria na infraestrutura tecnológica do TJRO e dos investimentos que vem sendo feitos, pois a garantia de disponibilidade da rede de comunicação de dados e da continuidade dos sistemas é o que permite que o PJRO cumpra sua missão de oferecer à sociedade efetivo acesso à Justiça, já que a cada dia que passa a sociedade está mais informatizada.

Saiba mais sobre a rede do TJRO fornecida pela GigaCom clicando aqui.

Rede Privada de Telecomunicações do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJRO)

Nos últimos anos, o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJRO) vinha sofrendo dificuldades cada vez maiores no cumprimento de sua missão de oferecer à sociedade efetivo acesso à Justiça, provocadas pela baixíssima disponibilidade e pela pouca capacidade da rede de dados estadual, na qual se tornou ferramenta imprescindível à continuidade das tarefas do tribunal devido a digitalização de processos, que passaram a ser eletrônicos (PJe) e, portanto, dependentes, de forma indiscutível, da qualidade da rede de dados utilizada. Para encontrar uma saída que tornasse viável o cumprimento de sua missão, o TJRO utilizou como paradigma a experiência exitosa do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, que atingiu o primeiro lugar no CNJ após a implantação de sua Rede Privada de Telecomunicações, também fornecida pela GigaCom.

Hoje, o TJRO conta com uma rede IP 100% privada que transporta dados entre o data center e todos os fóruns do estado de Rondônia de forma exclusiva, sem qualquer tipo de compartilhamento da banda instalada com outros usuários e apresentando uma disponibilidade de 99,44%. Ao fornecer uma capacidade de 100 Mbps em cada fórum do estado, todos esses fóruns são capazes de suportar perfeitamente a grande demanda exigida pelos Processos Eletrônicos e ainda de promover o uso de vídeoaudiências e também videoconferências com alta definição e muitos outros serviços e tecnologias antes impossíveis de serem considerados.

GigaCom na SECOP 2018

A GigaCom do Brasil estará presente em mais uma edição do SECOP, dessa vez em Florianópolis.

Dos dias 8 ao dia 10 de agosto, o evento ocorrerá no resort Costão do Santinho.

O SECOP é o mais importante evento de TIC para a gestão pública do Brasil, e reune profissionais do setor público de todo o país. Em sua última edição, em Pernambuco, a GigaCom também esteve presente e se reuniu com mais de 700 representantes das 3 esferas de governo em reuniões exclusivas, mesa-redonda e discussões com os líderes de TI e com grandes marcas em 3  dias inteiros de conhecimento e networking.